top of page

Clube de Cineastas de Palmo e ½

No dia 23 de outubro, vários elementos do Clube de Cineastas de Palmo e ½ da Escola Básica Professor Óscar Lopes, deslocaram-se para receber mais um prémio da 2.ª edição do Concurso Mário Ruivo - Gerações Oceânicas, na categoria “Na Rota de Magalhães”, com o filme “A viagem do início do fim”. Este prémio foi oferecido pelo Ministério do Mar e da Marinha Portuguesa inserido nas comemorações da Semana do Mar em Setúbal, da qual constou uma viagem a bordo do NRP Sagres com a degustação de um almoço a bordo.


O NRP Sagres ou NE Sagres é o principal navio-escola da Marinha Portuguesa, identificado pela suas 10 velas redondas, ostentando a cruz da Ordem de Cristo e 13 velas latinas, tem como missão permitir o treino e contacto com a vida no mar aos cadetes da Escola-Naval e futuros oficiais da Marinha Portuguesa. Este navio é considerado, por muitos, o navio mais bonito do mundo e é utilizado na representação nacional e internacional da Marinha e de Portugal.


As cineastas tiveram a oportunidade de vivenciar um pouco desta experiência no mar. O dia foi repleto de conhecimento, momentos únicos e simpatia por parte de todos os cadetes e oficiais, sempre disponíveis para ajudar e esclarecer várias questões. São várias as tarefas diárias a bordo do navio, desde a higiene à alimentação de cerca de 150 pessoas, ao “lançar pano” i.e, içar vela. Este foi sem dúvida o momento mais esperado da viagem e as pequenas cineastas assistiram com curiosidade a todo o processo que é bastante intenso, moroso e envolve cerca de 25 homens para concretizar o içar de 1 vela.


Aquando do término da viagem, fomos convidadas pelo capitão Fonte Domingues para ir ao seu escritório, onde nos presenteou com dois exemplares fotográficos do NRP Sagres, um deles assinado pelo próprio, e com um pequeno livro ilustrativo dos 500 anos da Circum-navegação de Fernão de Magalhães para todas as cineastas.


Chegar a bom porto é outro longo momento, o cuidado intenso da embarcação, os movimentos singulares e de grupo desempenhados foram surpreendentes e eficientes. Foi uma grande lição que as pequenas cineastas retiraram desta viagem: “Um objetivo concretiza-se com o trabalho individual de cada um para o bem do grupo.”

Foi sem dúvida uma experiência única e que ficará na memória de todas nós.”






bottom of page