top of page

Omadodo apresentou à Comunidade: três anos de histórias que nos inspiram

Entre os dias 6 e 15 de junho de 2023, decorreu no Salão Nobre Guilherme Pinto – Junta de Freguesia de Matosinhos, a exposição “Três anos de histórias que nos inspiram”, apresentada à comunidade de Matosinhos pelo projeto Olhar o Mundo Através dos Olhos do Outro (omadodo).


Esta exposição resultou do trabalho desenvolvido no Agrupamento de Escolas Professor Óscar Lopes ao longo dos últimos três anos letivos, no âmbito dos Planos de Desenvolvimento Pessoal, Social e Comunitário.


Foi implementado um programa de desenvolvimento pessoal e social, trabalhado de forma transversal, nas diferentes disciplinas, com o objetivo de promover e enfatizar a importância dos valores na nossa sociedade. Durante este processo, foram recolhidas e produzidas, pelos alunos, histórias de vida de pessoas inspiradoras e representativas da comunidade de Matosinhos, que estiveram patentes ao público, nesta exposição. Desta instalação artística fizeram também parte um mural colaborativo, no qual os visitantes puderam deixar a sua inspiração, bem como uma instalação visual interativa, baseada em trabalho curricular desenvolvido pelos alunos de 2.º ciclo e no Clube omadodo, com inspiração em Banksy e na Arte Pop. A exposição contou ainda com um programa de Biblioteca Humana, no qual os convidados Aurora Anastácio, Maria Manuel Barroso, Paulo Ferreira, Paulo de Carvalho, Joaquim Salazar e Paulo Boz puderam partilhar, com a comunidade de Matosinhos, um pouco da sua história de vida. A inauguração decorreu no dia 6 de junho e contou com a presença da Diretora do Agrupamento, Luísa Santos, elementos da direção, assistentes operacionais, professores e duas alunas que interpretaram um tema musical sobre Empatia, com a colaboração do clube de guitarra. Marcaram também presença o Presidente da Junta de Freguesia, Paulo Ramos de Carvalho, e parte do seu executivo, bem como outros parceiros da comunidade.


Esta exposição foi divulgada nas plataformas do Plano Nacional das Artes (PNA), uma vez que inspirou o início do desenvolvimento do Projeto Cultural de Escola (PCE) “omadodo: a aldeia inteira”, e contou com a colaboração e envolvimento dos parceiros da comissão consultiva deste PCE.


Todo o trabalho desenvolvido neste projeto, desde 2020, tem vindo a contribuir para valorizar a escola, os alunos, as famílias, em suma, a comunidade. Partindo do trabalho com diferentes experiências e histórias de vida, passando pela melhoria das competências pessoais e sociais, trabalhadas a partir de valores como a empatia e concluindo com uma maior e mais consciente participação cívica dos alunos na escola e na comunidade, percebe-se que o projeto Omadodo tem sido um contributo importante na construção do conhecimento e resignificação das aprendizagens.


A exposição “Três anos de histórias que nos inspiram” e o envolvimento de toda a comunidade nestes momentos de partilha vai ao encontro de uma das ideias fundamentais que defendemos: “É preciso uma aldeia inteira para educar uma criança”. E com isto…criámos Comunidade!


De facto, a viagem começa aqui…



Comments


bottom of page